O BRASIL DE ALMA NEGRA

O BRASIL DE ALMA NEGRA

 Em vinte de novembro,dia da Consciência Negra,será realizada a primeira marcha "ZUMBI DOS PALMARES 100 ANOS DA REVOLTA DA CHIBATA,com as participações de :
Capoeira Ginga Brasil;Deda da Batucada;UrsoPé de Lã;Boi Arcoverde;Boi Cafuné;HIP HOP;Samba de Coco;Ponto de Cultura Orquestra Sertão;Movimento Cultural da Pedra e a com
a participação de professores,alunos e a população de modo em geral, a concentração será na praça do São Cristovão à partir das 07:00h Organização ARCHA e URUCUNGO.
Vale a pena lembrar a luta de um dos pioneiros e fundador do Jornal ABIBIMAN,Luiz Eloy de Andrade,mais conhecido por Luizão,quero destacar sua luta pelos direitos e deveres da população negra,luta que continua até hoje,junto com Dr. Alder Júlio,Romildo Primo,Wellington Santana,guerrilheiros da justiça e pela luta de uma sociedade igualitária para todos,quero fazer dessa matéria uma homenagem ao Companheiro Luizão,pela sua eterna batalha...e como disse o poeta baiano José Carlos Limeira ..."me basta mesmo essa coragem quase suicida de erguer a cabeça e ser um negro 24 horas por dia"
(Não esqueçam de comprarem o livro CHICO REI: Do Cativeiro Libertouse com os Irmãos,de Alder Júlio Ferreira Calado,procurar Luizão)
Flávio Magalhães
 

COLAGENS DA MEMÓRIA...

COLAGENS  DA MEMÓRIA...

                                        (Dedicado a nosa turma de Arte na Escola,saudades dessa turma inesquecível...)
     Estivemos na Galeria Dumaresq em Boa Viagem no dia 28 de outubro,para vermos a Mostra TRAMAS DA MEMÓRIA de Sebastião Pedrosa e Ana Lisboa,vou fazer um breve relato das colagens do nosso Mestre Sebastião Pedrosa,como ele mesmo denomina de PALIMPSESTOS,que vem do grego "riscar a memória"o que me chamou atenção foi a simbologia meticolosamente adequada aos diversos momentos vividos do artista que são esboços de reuniões,anotações,listas,desenhos e correspondências recebidas de amigos,etc todos esses signos em suas individualidades nos mostram sua enorme imaginação criativa e nos leva a incorporar outras dimensões que ficarão eternizads em nossas lembranças em nossas memórias.
Flávio Magalhães.

INTERPOÉTICA no ENTRELUGAR da NOSTALGIA

INTERPOÉTICA no ENTRELUGAR da NOSTALGIA
jomard muniz de britto,JMB
 
Mitos e ritos da comicidade não conseguem
anestesiar o cotidiano de toda e qualquer
brasilírica tragicidade .Brasilentidão.
O Brasil continua cindido, sincopado,
esquizóide entre a miséria a ser erradicada
e o fulgor das estéticas contemporâneas.
Tudo permanece presença de abismos.
Baixio das Bestas versus Tropa de Elite 3.
Escrituras intermináveis.
Entrelugar dos deuses em cremação.
Cumplicidades  arriscadas.
Além do dia de finados, a MORTE é
a inevitável barbárie em processo 
civilizatório sem oratórios.
Nossa Presidenta precisaria reler os
Manuscritos Econômico-Filosóficos
para compreender urgências sem promessas.
Educação de todos os sentidos pela Web.
Excesso de informações. Penúria de pensar.
Convivendo com dissonâncias cognitivas e
analíticas dissipações. Argumentos?
Ser e estar esquizóide não significa destino
nem consagração . Jamais seria outra obra
de arte desnorteadora que fosse ao cinema
em busca da suprema falência da  felicidade
clandestina. Nem mesmo deuses e demônios
saberiam o que fazer com a morte anunciada
pelos arrastões. TRANSNORDESTINADOS.
Entrelugar do silêncio ao grito reprimido
em polícias pacificadoras.
O mais terrível e terriFICANTE- pelo gozo
sublimado- é que ninguém conseguiria
explicá-la: a MORTE, situação-limite
n'O CORAÇÃO DO CINEMA.
Se o Brasil nosso de cada dia continua
esquizóide,TUDO BEM, mas nossa esquiZ
é tão fértil quanto intensa e diferenciadora
em BALADAS LITERÁRIAS.
Recife, novembro /2010
Trabalho da ETE Arlindo Ferreira dos Santos desperta interesse em pesquisadores PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Seg, 08 de Novembro de 2010 11:00
Um trabalho desenvolvido na Escola Técnica Estadual Arlindo Ferreira dos Santos, em Sertânia, chamou a atenção de pesquisadores da UFPE e da UPE. Intitulado A Arte Rupestre no Moxotó Pernambucano e no Cariri Paraibano, o trabalho de pesquisa foi coordenado pelo professor de História, João Lúcio e envolveu alunos do 1º Ano do Ensino Médio da instituição. O Projeto foi desenvolvido entre março e novembro deste ano. “O objetivo foi aproximar os educandos da História, além de levá-los a descobrir a sua própria história, e se ver como protagonista da mesma”, disse João.

Ainda segundo o coordenador do projeto, a ideia surgiu durante o estudo do conteúdo Pré-História, quando alunos oriundos da zona rural se familiarizaram com as gravuras apresentadas nas aluas, afirmando que nas comunidades onde residem existem gravuras muito semelhantes. A partir daí, foram realizadas expedições para registrar esses sítios arqueológicos. As visitas aconteceram no sítio Caroá, em Sertânia (PE), e na localidade da Lagoa dos Patos, em São Sebastião do Umbizeiro (PB).

O resultado do trabalho registrado pelos alunos da ETE chamou a atenção de estudiosos e pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE e da Universidade de Pernambuco – UPE.

Em outubro, a Escola Técnica recebeu uma equipe de arqueologia formada pela doutoranda em arqueologia, Marília Perazzo, o topógrafo Aurélio, que trabalha há 25 anos com a Drª Niéde Guidon no Museu do Homem Americano, e trabalhou na descoberta do carvão mais antigo das Américas com cerca de 40 000 anos, e o motorista Jorge.

Marília Perazzo visitou inúmeros sítios arqueológicos em Sertânia. A equipe faz parte de um projeto do Programa de Pós-graduação em Arqueologia da UFPE em parceria com o INAPAS (Instituto Nacional de Arqueologia, Paleontologia e ambiente do semi-árido) e FACEPE, sob a orientação da Profª Drª Anne-Marie Pessis, que tem por objetivo encontrar em Pernambuco sítios arqueológicos e criar condições de desenvolvimento econômico através da identificação e conservação desses locais.

Segundo Marília Perazzo, por conta do trabalho realizado, ETE Arlindo Ferreira dos Santos tdeverá torrnar-se referência em arqueologia para a UFPE, que manifestou interesse de futuras parcerias nessa área e em outros campos do conhecimento.
Outros estudiosos também manifestaram interesse em aprofundar os estudos nos sítios arqueológicos sertanienses. O professor da UPE, Josualdo de Menezes, estará em Sertânia visitando os locais registrados pelos alunos da ETE.
Segundo Josualdo, a iniciativa é muito importante, as imagens encontradas em Sertânia não são só da tradição agreste, pois o zoomorfo apresentado se inserena tradição nordeste. “É um excelente motivo para ampliar a investigação, pois não é comum a tradição nordeste aparecer em uma região onde a predominância é da tradição agreste para os grafismos geométricos”, disse Josualdo.

Sobre o trabalho de João Lúcio, o professor Josualdo disse o seguinte: “São pessoas assim como você que nos deixa a crença de que a educação ainda se salva. São pessoas com caráter e compromisso que nos deixam mais esperançosos em acreditar que o Brasil pode de fato mudar formando uma nova geração com mais consciência sobre seu passado”.
Confira outros registros das expedições

JOHN LENNON O COMETA DA PAZ...

JOHN LENNON O COMETA DA PAZ...
(Dedico esta coluna a meu irmão Fábio Magalhães,que é um fã dos Beatles incondicionalmente, especialmente de John Lennon e que gosta também de gatos...)

JOHN Wiston LENNON,se estivesse vivo,completaria no dia 9 de outubro,70 anos,todos sabem que foi assassinado em 8  de dezembro de 1980,por um louco,imprudente,instigado pela CIA,fonte de informação dos jornais da extinta União Soviética(U.R.S.S.),pela KGB na época,isso pouco importa afinal o mundo perdeu seu beatle mais rebelde,pacifista,genial,contestador político,anarquista,etc. Uma imagem conhecida em todo o planeta,uma imagem múltipla e mutante a consciência crítica da música e do Rock.(A sua importância com os Beatles não caberia neste blog),mas vou falar de um disco que foi lançado quando ainda era um beatle em 1970(40 anos do seu lançamento)”John Lennon/Plastic Ono Band”,onde já mostrava a des(construção) do seu personagem como integrante do maior Grupo e mais famoso de todos os tempos “The Beatles”...Recém-saído de sessões de terapia primal com o Dr. Arthur Janov,que pregava a libertação emocional através da exteriorização de sentimentos reprimidos desde a infância,resultado dessa terapia a música  “Mother”,belíssima canção que mostra a falta que sentia do pai(que o abandonou ainda bebê) e da mãe morta,(atropelada por um bêbado),quando ele era garoto.Raspou a cabeleira,(Uma atitude PUNK,antes da época...)tornando em um ato simbólico,acabando com todos aqueles capitalistas,que faturavam em cima da Banda,mesmo sendo um produto de massa,mas agora como um herói da classe operária,como relata em uma das canções e letra mais contestadora do disco,”Working Class Hero”,fala das traições e crimes que um homem é obrigado a cometer para subir na pirâmide social,sem ser panfletário,Lennon foi sub(v)ers)iv(o),num alto nível ideológico,pouco imaginável para o sistema,que levou uma nocaute de uma “simples canção” o disco ainda traz; ”Hold on”; “Isolation”;  “Remember”; “Love”; “God”; enfim são canções vinda de uma catarse pessoal, sem paralelos no rock,chocando o mundo naquela  instante onde a onda “paz e amor”,ainda triunfava...foi ai que John acabou com os mitos e surge sua célebre frase “the dreams is over...o sonho acabou...” a gravação do disco foi de uma forma mais crua e de reduzidos músicos de sua confiança, entre eles estão: Klaus Voorman(Baixo); O Beatle Ringo Star(Bateria) e Billy Preston(Teclados),depois vieram outros discos brilhantes: Imagine(71);Sometime in New York City(72); Mind Games (73); Walls and Bridges (74) entre outros...em 7 de julho desse ano Ringo Star completou 70 anos também, um dos mais influentes bateristas de todos os tempos e que Lennon só gostava de tocar com ele.  Vale a pena assistir os filme sobre Lennon, que conta o período de sua adolescência o filme se chama “Nowhere Boy” e o documentário “The U.S. vs. John Lennon” Imperdíveis...Happy birthday, John...We love you...(Flávio Magalhães).

“A Nossa política é a do humor.Todas as pessoas sérias foram assassinadas. Nós queremos ser os palhaços do Mundo” (John Lennon)

 
Copyright ©2018 GArganTA MAGAlhães Todos os Direitos reservados | Designed by Robson Nascimento