terça-feira, 27 de setembro de 2011

PADRE CHRISTIANO JACOBS - A VINDA PARA O BRASIL

A vinda do padre Holandês, Christiano Jacobs, para o Brasil inicialmente para Campina Grande e depois se radicalizando em Sertânia desde 1966, foi um grande marco para nossa cidade. Nosso povo ganhou muito com isso, pois éramos acostumados com uma igreja dita conservadora. Não é que ele tenha sido, como dizem, uma pessoa diretamente envolvida no desenvolvimento da educação e no esporte de nossa cidade, estes dois temas muito levantado pelos cidadãos de nossa cidade. Isso é o que pensa os mais sectários de seus seguidores, mas na verdade analisando frio e criticamente ele, o padre, foi na verdade um agente estimulador, provocador, incentivador, cooperativo. Pelo fato de ser um europeu, naquela época sem a globalização das informações que temos hoje ele já estava alguns anos à nossa frente.

 Jovem, vibrador, otimista, sabia perfeitamente o que era melhor, não somente os jovens de nossa comunidade. Conseguiu aliar tudo isso com a inteligência, criatividade, o potencial, tempo e disposição para a cultura e esporte dos nossos jovens.

O povo acreditou e respondeu a altura com a performance no ensino, no esporte, melhor do que ele cobrava, incentivava e esperava(eu mesmo fui um destes). Nada disso seria possível sem a participação de outras pessoas como Zé Etelvino, Zina, Zé Paulo, Cyro, Zé Ivan, Dona Linda, Rocilda, Eunice, Maria José, Lúcia Medeiros, Eurly, Dr Aristóteles, Inalda Lafayette, entre outros que nem ao menos foram entrevistados para o documentário exposto na praça e eventos dia 24.09.11, onde ali, ouvimos depoimentos de pessoas que nada tinha haver em absoluto com a trajetória políticoeducacional do padre em nossa cidade.

Evaporou-se no calor da Rainha do Moxotó, Sertânia, a possibilidade de vê-lo à frente do executivo, uma vez que ele sempre teve bons propósitos, bom transito com políticos. Com as conversas que tinha com ele quando estudava para o vestibular em sua casa juntamente com Beto e Zuza, tenho certeza de que não haveria nepotismo, nem trampolim político. Mas, não sei o que se passava no grupo político ao qual ele era ligado, nunca lhe deram uma oportunidade para que o mesmo pudesse ter sido julgado nas urnas pelo povo sertaniense. Deixemos isso para lá, vamos tratar da homenagem, que na minha fria análise percebi que houve um viés político partidário nesta homenagem. Deveremos ter cuidado porque senão o povão vai perceber o jogo político destas “ homenagens”.

O padre nunca teve papas na língua, por isso arranjou desavenças, inveja e até mesmo intrigas, dentro de seu grupo político, isso pode ter sido o motivo de sua não indicação para o cargo do executivo nos seus 45 anos dedicados a nossa paróquia. Poderiamos em outro século um novo Mauricio de Nassau de Sertânia. Não entendi porque todo o povo sertaniense não participou desta Homenagem, independente da cor da boca, seja boca branca, boca preta. Eu que sou da boca Vermelha estava lá.

*Antonio Siqueira Cheriño é sertaniense, Médico em Caruaru. Ex-aluno e ex-professor de Educação Física da Escola Olavo Bilac de Sertânia-PE

Festival Pernambuco em Dança em três comunidades do Recife

Terá início nesta segunda-feira (26), às 19h, na Quadra do Colégio Jordão Emerenciano, na UR-2, Ibura, o 11º Festival Pernambuco em Dança. O evento, que é gratuito, segue até o dia 02 de outubro e ainda passará pela Quadra Poliesportiva do Alto José Bonifácio e o Teatro do Nascedouro de Peixinhos.

Segundo a produção, "a iniciativa tem o objetivo de promover, valorizar, estimular e divulgar todos os segmentos da dança do estado de Pernambuco. O intuito ainda é reunir diversos estilos de dança, que atribuirão uma maior visibilidade à cadeia produtiva da dança, valorizando os profissionais da área e formando plateias".

Nesta edição, o festival "homenageia a bailarina e produtora, Cecília Brenand, como também o espetáculo Lua Cambará, que é de sua autoria. Com o Diploma Construtores da Dança em Pernambuco será homenageada a bailarina sergipana, Lú Spinelli, pelos seus 40 anos dedicados ao ensino da dança contemporânea na Região Nordeste, além da homenagem aos 14 anos do Grupo Magê Molê. O Studio de Danças, o Ballet Maysa, o Ária Ballet e o Ballet Gonzalez serão homenageados pela dedicação e valorização da formação de novos bailarinos em Pernambuco".

Outros homenageados são: Paula Azevedo, que, durante cinco anos, participou da coordenação artística do Pernambuco em Dança; assim como a CRIART Cia de Dança, que praticamente surgiu e se divulgou para o mundo no evento. A homenagem se estende ao Grupo Matulão, que surgiu da Quadrilha Junina Raio de Sol, na comunidade de Águas Compridas e que, atualmente, já circula nos principais festivais de dança do Brasil.
A 11ª edição do Festival tem coordenação geral de Fred Salim e coordenação de produção de Dani Bastos. O evento possui o incentivo do SIC Municipal, por meio do apoio cultural do Hospital Santa Joana, com captação de Patrícia Azevedo. A iniciativa conta ainda com o apoio da Água Mineral Santa Clara, Tom Produções, Capezzio e da Fundação de Cultura/Prefeitura do Recife.

Cronograma de apresentações:
26 e 27 de setembro, às 19h, na Quadra do Colégio Jordão Emerenciano – UR 2, Ibura
28 e 29 de setembro, às 19h, na Quadra Poliesportiva do Alto José Bonifácio
30 de setembro, 01 e 02 de outubro, às 19h, no Teatro do Nascedouro de Peixinhos

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Relacionamentos

(Arnaldo Jabor)
Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos.... que pena... acabou...
- é... não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa está com dúvidas, problema dela cabe a você esperar... Ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.
Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração...
Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.

E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...
Enfim... Quem disse que ser adulto é fácil????

Informe da Bienal

A Bienal Internacional do Livro continua esta semana com várias atrações, prometendo bater o recorde de público dos anos anteriores. Até terça 27/09 prossegue a oficina de crítica literária com Frederico Barbosa no Círculo das Ideias, e nesta segunda 26/07, no Café Cultural - a partir das 16h - rola um bate-papo entre Beliza Parente e Lucila Nogueira, falando sobre Literatura e mulher. Em seguida, ainda no Café Cultural, teremos Arte e erotismo: diálogos possíveis na literatura com Janilto Andrade, e A mulher que queria ser Micheliny Verunschk – Um romance promíscuo, com Cida Pedrosa, Marco Polo e Wilson Freire. Às 19h, no Círculo das Ideias, Fernando Monteiro e José Carlos Targino se encontram pra falar sobre Cinema e Cidadania: o caso do Western. Em seguida, no mesmo espaço, a jornalista Adriana Dória Mattos conversa com o escritor José Castello.

Na terça 27/09, a partir das 15h, acontece uma interessante oficina no stand do REleituras: Tecer histórias (Livro de Tecido). Ainda à tarde, no Café Cultural, Ricardo Jupiassu e Kalina Vanderley debatem sobre o tema Sequências narrativas: o romance em Pernambuco. Às 20h, fechando a terça-feira no escurinho do cinema, Geórgia Alves mostra o seu curta sobre Clarice Lispector no Auditório do Brum.

Na quarta-feira 28/09 a UBE-PE faz a abertura do Congresso Nacional de Escritores, no Auditório do Brum. E à tarde, no Café Cultural, Alexandre Furtado e Christiano Ramos se perguntam: Como se faz um best-seller? Às 17h, no Círculo das Ideias, o tema da conversa será A palavra e o palco: Ronaldo Correia de Brito, com o professor Lourival Holanda, Christiano Aguiar e Luís Reis. Encerrando a no ite, também no Círculo das Ideias, o encontro de Leila Mícollis com Raimundo de Moraes, falando sobre literatura & cidadania, poesia marginal e otras cositas más.

Escolha seu evento, curta bastante a Bienal e até o próximo informe.

A programação completa você confere aqui.

Abraço fraterno.



Acompanhe outras notícias da Bienal seguindo o Interpoética no Facebook e no Twitter.
 
 

Editores
Sennor Ramos, Raimundo de Moraes & Cida Pedrosa
Recife, 25 de setembro de 2011
 
INTERPOÉTICA  2005-2010

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Padre Christiano receberá homenagem do povo sertaniense

Começa no próximo dia 23 a “II Festa das Homenagens”, que este ano terá como homenageado, o Padre Christiano Jacobs. Em 2010, o evento foi em homenagem ao maestro Demetrio Dias. O evento é uma  iniciativa do professor José Brasiliano (Charuto) e do Prof. João Lúcio, .

A festa será nos dias 23 e 24 de setembro e a programação contará com celebração religiosa, apresentações de bandas marciais, exibição de documentário e shows musicais. Segundo Charuto, a homenagem será a um sertaniense por opção em reconhecimento pela longa folha de serviços prestados e obras em favor do povo de Sertânia, na educação, nos esportes, na cultura, na ação social e na vida espiritual.

Padre Cristiano é natural da Holanda e veio para o Brasil na década de 50. Segundo o professor João Lúcio, em Sertânia, Christiano chegou em 1966. Iniciou suas atividades auxiliando na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Com a morte de Monsenhor Urbano, padre Christiano assumiu a paróquia, onde ficou até 1983 quando foi administrar a recém-criada paróquia do Sagrado Coração de Jesus.

Entre as ações da sua missão religiosa, padre Christiano construiu o Salão Paroquial Maria Lígia, a Casa do Ancião e a capela de Devoção a São Vicente de Paula, no Alto da Saudade. Padre Christiano também foi diretor da Escola Olavo Bilac por vários anos, na época o Olavo Bilac apresentou o melhor índice, em todo estado, de alunos aprovados, sem cursinho, em exames vestibulares.

Confira os nomes do alunos do atual EREMOB que briharam na época em que Padre Christiano era diretor. Clique Aqui! (Material histórico enviado ao Sertânia na Net, através de e-mail, pelo Prof. Josessandro Andrade)

A Festa das Homenagens 2011 terá a seguinte programação:

23.09.2011- CÂMARA DE VEREADORES

08:00 – Apresentação da Banda Municipal Sebas Mariano
09:00 – Sessão solene especial na Câmara Municipal de Vereadores de Sertânia
10:00 – pré-estréia do documentário “O Nassau do Sertão” – Tributo ao Pe. Christiano Jacobs, direção de Josessandro Andrade e Guilherme Araujo

24.09.2011
16:00 – I Encontro de Bandas Filarmônica de Sertânia
17:00 – Procissão com as imagens do Sagrado Coração de Jesus e de Nossa Senhora da Conceição. Saindo da Escola Olavo Bilac (Participação de Chico Arruda)
19:00 – Missa em Ação de Graças – Local: Praça de Eventos, com a presença de Padres e Bispos, que estarão fazendo as suas homenagens ao Pe. Christiano. (Participação do Coral da Mãe Rainha, Waldir Lafayette e Banda)
20:00 – Estréia oficial do documentário “O Nassau do Sertão”
20:30 – Apresentações das Bandas Filarmônicas
23:00 – Encerramento com chefe de ouro – Forró Pé-de-serra com Daniel Medeiros, Heuris Tavares e Chiquinho de Belém.

Com informações do Moxotó da Gente

MILHO DE PIPOCA

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre.

Assim acontece com a gente.

As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.

Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosas. Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo.

O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.

Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre.

Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo! Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também.

Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: vai morrer. Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si.

Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM!

E ela aparece como uma outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado. Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar.

São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura. No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva. Não vão dar alegria para ninguém.

Rubem Alves
Extraído do livro: O Amor que Acende a Lua
 
  
Em vez de sofrer pelas modificações que ainda não consegue, sinta-se
grato(a) pelas mudanças que já realizou.
Amor e Paz para você! 

O maior intelectual brasileiro...!

ESSA CALOU OS AMERICANOS E O MUNDO...!
SHOW DO MINISTRO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS


Essa merece ser lida, afinal não é todo dia que um brasileiro dá um esculacho educaderrimo nos americanos!

Durante debate em uma universidade, nos Estados Unidos,o ex-governador do DF, ex-ministro da educação e atual senador CRISTÓVAM BUARQUE, foi questionado sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia.

O jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um Humanista e não de um brasileiro.

Esta foi a resposta do Sr.Cristóvam Buarque:

"De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso.

"Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o mais que tem importância para a humanidade.

"Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro.O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia
para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou
diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço."

"Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser
internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país.
Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.

"Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França.
Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de um proprietário
ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês,decidiu enterrar com ele, um quadro de
um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado.

"Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York,
como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos Manhattan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.

"Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas
mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.

"Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do Mundo tenha possibilidade de COMER e de ir à escola.
Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro.

"Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo.
Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia
seja nossa.. Só nossa!


ESTA MATÉRIA NÃO FOI PUBLICADA, POR RAZÕES ÓBVIAS.
AJUDE A
DIVULGÁ-LA, SE POSSÍVEL FAÇA TRADUÇÃO PARA OUTRAS
LÍNGUAS QUE DOMINAR.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Atentado de 11 de setembro de 2001 - Vamos meditar 10 anos depois

Dez anos do golpe nos EUA
 
Adriano Benayon * - 11.09.2011
 
Há dez anos foi perpetrada a implosão das Torres Gêmeas em Nova York. No mesmo dia foi lançado míssil sobre uma ala do Pentágono, em Washington.
 
2. Está comprovado – exceto oficialmente, é claro - que esses crimes só podem ter sido mandados cometer por gente com poderes sobre as forças de defesa e segurança dos EUA, com autoridade sobre o território dos EUA, tendo à disposição recursos materiais e tecnológicos dos mais avançados.
 
3. Que isso surpreenda a maioria das pessoas ilustra o poder tirânico da oligarquia financeira anglo-americana, que controla a grande mídia e os formadores de opinião que a esta têm acesso. Demonstra, ademais, que essa oligarquia está obtendo os resultados da desinformação massiva e os do abaixamento do nível cultural, dos valores éticos e da capacidade de discernimento dos povos, que promove, desde há mais de um século, em escala crescente, para submeter a humanidade á sua tirania.  
 
4. Atentemos para os esclarecimentos da Associação Arquitetos e Engenheiros pela Verdade, formada nos EUA por 1.500 engenheiros e arquitetos, acessíveis em http://www.truthout.org.
 
5. Em vídeo, mais de 20 engenheiros e arquitetos, altamente qualificados, expõem, com  clareza, que as torres gêmeas - e o prédio ao lado,  o WTC -  ruíram verticalmente, em 7 segundos, por meio de implosão perfeita. O engenheiro brasileiro Thomas Fendel assinala que implosões convencionais não conseguem isso, nem em sonho.
 
6. A implosão realizada só podia ser feita por pessoal especializado e  preparada durante meses. Têm de ser calculados os locais onde os explosivos de extraordinário poder calorífero (nanothermite) são colocados. Essa técnica fez derreter as vigas de aços especiais, sem o que as torres não cairiam como caíram.  Foram literalmente pulverizadas, algo impossível sem essa técnica, à luz das leis da física elementar, como lembra Fendel.
 
7. Em 14.09.2009, o Prof. David Ray Griffin publicou artigo "The Mysterious Collapse of WTC Seven - Why NIST’s Final 9/11 Report is Unscientific and False” (Porque o Relatório Final do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia sobre o 11/9 é falso e não-científico). Cito:Um relatório de cientistas, inclusive o quimico Niels Harrit da  Universidade de Copenhague, mostrou que a poeira do WTC continha nanothermite, explosivo de alto poder – diferente da thermite ordinária, que é só incendiária. O relatório, assinado, entre outros, por Steven Jones e Kevin Ryan, só foi publicado em 2009.”
 
8. Como consta do site dos engenheiros pela verdade, o coronel-aviador Razer, da Força Aérea dos EUA, está 100% convencido de que as três torres do WTC foram destruídas por demolição controlada, implodidas com explosivos. Ele é um dos pilotos de maior experiência, no mundo, em todo o tipo de aviões, e em matéria de destruição de edifícios de aço e concreto.  Para Razer está claro que a implosão não foi orquestrada por um bando de amadores muçulmanos liderados por um sujeito metido numa caverna no Afeganistão (Bin Laden).
 
9. Ademais, só pessoas autorizadas podiam ter acesso às Torres, para realizar o serviço, o que, claro, não inclui islâmicos desempregados, que mal falam inglês e não têm como obter visto de entrada nos EUA (os brasileiros que fazem fila nos Consulados norte-americanos conhecem as  exigências).
 
10.  Os islâmicos acusados pelo atentado, presos e torturados, jamais teriam: 1) formação, especialização e experiência para montar e realizar a implosão; 2) acesso aos edifícios conduzindo explosivos (nem eles, nem qualquer pessoa sem o respaldo dos serviços inteligência do governo dos EUA); 3) sequer a possibilidade de ingressar nos EUA sem o patrocínio desses serviços; 4) a menor condição de pilotar os aviões nas manobras para atingir as Torres, com cursinhos de piloto na Flórida no esquema montado pela CIA de recrutar os bodes expiatórios.
 
11. Pilotos profissionais e experimentados, de jatos como os Boeing 754, afirmaram que nem eles conseguiriam fazê-lo. Como os aviões bateram nas torres é pergunta que fica no ar. Telecomando? Não sei.
 
12 Conforme peritos, o calor gerado por queima do carburante de aviões não é, nem de longe, capaz de fazer derreter as estruturas dos andares atingidos, para nem falar dos demais, e tudo ruiu em bloco.  Além disso, ruiu também o WTC 7, sem ter sido tocado por qualquer aeronave.
 
13. Outro ponto é o seqüestro dos aviões: como tudo foi facilitado desde ao aeroporto etc. Mais notável: os radares da Força Aérea dos EUA detectam o desvio de rota de qualquer avião e têm procedimento padrão para fazer imediatamente decolar seus caças supersônicos. Não corrigida a rota, depois do aviso, os pilotos dos caças o abatem.
 
14. Por que o desvio durou quase uma hora, até que os aviões se chocassem com as Torres Norte e Sul? Claro que os pilotos da Força Aérea receberam ordens para não sair do chão.
 
15. Isso se relaciona com a única das nove questões básicas da Comissão de Cidadãos dos EUA, respondida pelo governo estadunidense: “Everyone ‘goofed’ that day, according to the Bush administration and the 9/11 Commission (todos bobearam, segundo a administração Bush e a comissão oficial).
 
16. Por essa resposta pode-se, sem muita ironia, dizer que o governo dos EUA nem precisa responder as demais. Se ele tivesse alguma seriedade e dissesse a verdade, os militares e civis responsáveis, no melhor dos casos, pela injustificável negligência teriam de ser submetidos à corte marcial e exemplarmente punidos.
 
17. Mas que aconteceu? Eles foram promovidos. Como não supor que foram recompensados? Por que? Por terem sido cúmplices, cumprindo ordens contrárias aos regulamentos, às Leis e à Constituição de seu país. Pior que isso: ordens de traição a seu país, a não ser que se confundam os EUA com a oligarquia financeira que ali exerce sua tirania.
 
18. Eis, a seguir, perguntas da Comissão de Cidadãos dos EUA (omito as de ns. 5 e 7 por pouco acrescentarem ao dito acima):
 
1. Como poderiam ser sequestrados quatro aviões comerciais, que voaram no espaço aéreo dos EUA durante até 46 minutos sem envolvimento militar?
 
2. Como dois aviões comerciais poderiam causar implosão semelhante à das demolições planejadas nos dois edifícios mais altos do mundo, dotados de estruturas de aço?
 
3. Como o FBI identificou os 19 “sequestradores árabes”, se nenhum nome árabe aparece na lista de passageiros nem da de tripulantes em qualquer das aeronaves?
 
4. O trabalho rápido do FBI em identificar os 19 “sequestradores” e a rede Al Qaeda de Bin Laden (sem provas) não sugere que o governo tinha conhecimento prévio de um ataque?
 
6. Por que empreiteiros começaram a retirar destroços antes de os investigadores estudarem a cena do crime?
 
8. Por que não foram achadas partes do Boeing 757 - asas, fuselagem, trem de aterrissagem, motores? Por que não havia restos de passageiros nem de suas bagagens?  
 
9. Dúzias de câmeras de vigilância dentro e fora do Pentágono teriam gravado imagens de alta qualidade do que aconteceu. Por que nenhuma foi usada como prova para sustentar a teoria governamental do Boeing 757?
 
19. Em razão do que precede e à luz do que o governo dos EUA fez após os fatos de 11 de setembro de 2001, é lícito concluir que eles foram um golpe de Estado de terríveis consequências para quem mora nos EUA ou ali vai, e ainda piores no exterior. Isso será objeto de outro artigo.
 
20. Desde já, diga-se que o povo dos EUA vem sendo aterrorizado e ludibriado. Com a aprovação da Lei Patriot II (a Patriot I o fora na época de Clinton, após outro atentado), foi ainda mais radicalizado o estado policial, podendo ser presa qualquer pessoa sem ordem judicial, em função de simples suspeita por parte dos órgãos de segurança.
 
21. Que dizer dos países vitimados pelas bombas de urânio que mísseis e aviões dos EUA e de seus satélites lançaram, em seguida, no Afeganistão e logo no Iraque, depois em outros países e, recentemente na Líbia, destruindo infra-estruturas e matando mais de um milhão de pessoas?

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

JORNADA LITERÁRIA PORTAL DO SERTÃO 2011 - PROGRAMAÇÃO SETEMBRO

ARCOVERDE - SEDE

15/09 – QUINTA
Local: ESTAÇÃO DA CULTURA

8h às 12h e 13h às 17h - EXPOSIÇÃO O POETA JOÃO
16h - RECITAL COM O ATOR SÍLVIO PINTO – “FRAGMENTOS DOS TEXTOS: O CÃO SEM PLUMAS E OS TRÊS MAL AMADOS DA OBRA DE JOÃO CABRAL DE MELO NETO

- EXIBIÇÃO DO FILME – SEVILHA RECIFE | DIREÇÃO: BEBETO ABRANTES

Local: SALÃO DE EVENTOS – SESC ARCOVERDE

20h - CERIMôNIA DE ABERTURA – RAPSÓDIA DA POETICIDADE – JMB EM BUSCA DE LILITHS E OUTROS ORF’EUS.

PARTICIPAÇÕES | JOMARD MUNIZ DE BRITO, WELLINGTON DE MELO, BIAGIO PECORELLI, HÉLDER HERICK, MARIA ALICE AMORIM, ICARO HOLANDA


16/09 – SEXTA
Local: SESC ARCOVERDE

9h às 12h e 14h às 17h - OFICINA DE LITERATURA CONTEMPORÂNEA: ALGUNS RECORTES – MICHELINY VERUNSCHK
9h às 12h - OFICINA PEQUENOS CONTOS PARA PEQUENOS ESCRITORES (07 a 10 anos) – RICARDO MELO
9h às 12h - OFICINA DE ESCRITA POÉTICA RUAS E INTI – NERÁRIOS - ALEXANDRE FURTADO
14h às 17h - OFICINA DE POESIA E PERFORMANCE: PALAVRA, CORPO E SUBJETIVIDADE – BIAGIO PECORELLI

Local: LIRA CULTURAL

14h às 17h - PARADA PARA LEITURA – JOMARD MUNIZ DE BRITO

Local: SESC ARCOVERDE

20h - VIDEOINSTALAÇÃO | “OLHARES SOBRE LILITH”, IDEALIZADORAS E CURADORAS – TUCA SIQUEIRA E ALICE GOUVEIA

Local: BUDEGA DA POESIA

22h - A MARCHA DA DIVERSIDADE DECANTADA NA BUDEGA

PARTICIPAÇÃO - GRUPO DREMELGAS, MIRÓ, ÉSIO RAFAEL, EDISON ROBERTO, FLÁVIO MAGALHÃES JACIEL SILVA, JOSÉ DENILSON, EXPEDITO MATOS, EDILSA E NARUNA FREITAS


17/09 – SÁBADO
Local: SESC ARCOVERDE

9h às 12h e 14h às 17h - OFICINA DE LITERATURA CONTEMPORÂNEA: ALGUNS RECORTES – MICHELINY VERUNSCHK
9h às 12h - OFICINA PEQUENOS CONTOS PARA PEQUENOS ESCRITORES (07 a 10 anos) – RICARDO MELO
9h às 12h - OFICINA DE ESCRITA POÉTICA RUAS E INTI – NERÁRIOS - ALEXANDRE FURTADO
14h às 17h - OFICINA DE POESIA E PERFORMANCE: PALAVRA, CORPO E SUBJETIVIDADE – BIAGIO PECORELLI
14h às 17h - OFICINA DE NARRATIVAS BREVES – MARCELINO FREIRE
14h às 17h - CONVERSA DE ESCRITOR – DIÁLOGO NA DIFERENÇA

PARTICIPAÇÃO – WELLINGTON DE MELO E ESCRITORES DAS CIDADES DE GARANHUNS, TRIUNFO, SERTÂNIA, SALGUEIRO, LAGOA GRANDE, SERRA TALHADA, ARCOVERDE, AFOGADOS DA INGAZEIRA E SÃO JOSÉ DO EGITO

Local: LIRA CULTURAL
14h às 17h - PARADA PARA A LEITURA – MICHELINY VERUNSCHK

Local: SESC ARCOVERDE

20h - LANÇAMENTO DE LIVROS: “A MULHER QUE QUERIA SER MICHELINY VERUNSCHK” E EXIBIÇÃO DE CLIPES – WILSON FREIRE. “A CARTOGRAFIA DA NOITE” – MICHELINY VERUNSCHK

Local: FIM DO MUNDO BAR

22h - CINEMA DO FIM DO MUNDO | LITERATURAS EM CURTO
PARTICIPAÇÃO - COCO TRUPÉ DE ARCOVERDE


18/09 – DOMINGO
Local: SESC ARCOVERDE

14h às 17h - OFICINA DE POESIA E PERFORMANCE: PALAVRA, CORPO E SUBJETIVIDADE – BIAGIO PECORELLI
14h às 17h - OFICINA DE NARRATIVAS BREVES – MARCELINO FREIRE
Local: LIRA CULTURAL
14h às 16h - PARADA PARA A LEITURA – JORGE FILÓ E PERFORMANCE DE MIRÓ
Local: TROPA DO BALACO BACO
20h - PARA EROS E THANATOS – POEMAS DE AMOR E MORTE – INTÉRPRETE, ROMUALDO FREITAS
21h - ENCERRAMENTO - BIA MARINHO E VAL PATRIOTA


DISTRITO DE CARAÍBAS

15/09 – QUINTA
Local: CENTRO SOCIAL DE CARAÍBAS

14h às 17h - OFICINA CABEÇA DE VENTO, VIVÊNCIAS LITERÁRIAS PARA CRIANÇAS – RAPHAELLA ARAÚJO E ALEXANDRE MONTEIRO
14h às 17h - OFICINA A ESCRITA EM SI PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JONNY MARTINS

16/09 - SEXTA
Local: CENTRO SOCIAL DE CARAÍBAS

14h às 17h - OFICINA CABEÇA DE VENTO, VIVÊNCIAS LITERÁRIAS PARA CRIANÇAS – RAPHAELLA ARAÚJO E ALEXANDRE MONTEIRO
14h às 17h - OFICINA A ESCRITA EM SI PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JONNY MARTINS

Local: PRAÇA DA IGREJA

19h - CINE CARAÍBAS:  TAPETE VERMELHO | DIREÇÃO: LUIS ALBERTO PEREIRA
17/09 – SÁBADO

Local: PRAÇA DA IGREJA

20h - REISADO DE CARAÍBAS E OS PARICEIROS, EM “DA PALAVRA DO POVO DO BRASIL”

18/09 – DOMINGO
Local: PRAÇA DA IGREJA

17h - CARROÇA DO ENCANTADO – INTERVENÇÃO DE RUA, GRUPO DE TEATRO DA GENTE, COM A OBRA DA ESCRITORA ROSINHA CAMPOS


DISTRITO DE ALDEIA VELHA

15/09 – QUINTA
Local: ESCOLA MANOEL LUMBA

9h às 12h - OFICINA CABEÇA DE VENTO, VIVÊNCIAS LITERÁRIAS PARA CRIANÇAS – RAPHAELLA ARAÚJO E ALEXANDRE MONTEIRO
14h às 17h - OFICINA DE LEITURA POPULAR - UM CORDEL EM VOZ ALTA – PAULO TARCISIO

16/09 - SEXTA
Local: ESCOLA MANOEL LUMBA

9h às 12h - OFICINA CABEÇA DE VENTO, VIVÊNCIAS LITERÁRIAS PARA CRIANÇAS – RAPHAELLA ARAÚJO E ALEXANDRE MONTEIRO
14h às 17h - OFICINA DE LEITURA POPULAR - UM CORDEL EM VOZ ALTA – PAULO TARCISIO

Local: QUADRA DE ESPORTES
9h - CINE CARAÍBAS:  TAPETE VERMELHO | DIREÇÃO: LUIS ALBERTO PEREIRA

17/09 – SÁBADO
Local: QUADRA DE ESPORTES

17h - CARROÇA DO ENCANTADO – INTERVENÇÃO DE RUA, GRUPO DE TEATRO DA GENTE, COM A OBRA DA ESCRITORA ROSINHA CAMPOS

18/09 – DOMINGO
Local: QUADRA DE ESPORTES

20h - REISADO DE CARAÍBAS E COCO RAÍZES DE ARCOVERDE, EM “DA PALAVRA DO POVO DO BRASIL”


PESQUEIRA – SEDE

19/09 – SEGUNDA
Local: HALL DO CINE-TEATRO | SHOPPING ROSA

8h às 12h,13h às 17h e 18h às 21h - EXPOSIÇÃO DE MÁRIO QUINTANA - QUINTANARES” TEATRO DE RETALHOS

Local: PROGRAPE, Rua Cardeal Arcoverde

14h às17h - OFICINA DE LITERATURA E NOVOS SUPORTES: TRAÇOS DE ESTILO – LOURIVAL HOLANDA

Local: CINE-TEATRO | SHOPPING ROSA

20h - CERIMÔNIA DE ABERTURA - CONVERSA DE ESCRITOR “LITERATURA E REALIDADE” – MARCUS ACCIOLY, LOURIVAL HOLANDA, LUZILÁ GONÇALVES

PARTICIPAÇÃO: BLOCO LÍRICO TURMA DA VELHA GUARDA DE PESQUEIRA


20/09 – TERÇA
Local: PROGRAPE, Rua Cardeal Arcoverde

9h às 12h - OFICINA A ESCRITA EM SI PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JONNY MARTINS
14h às 17h - OFICINA DE ILUSTRAÇÃO PARA CRIANÇAS - MYRNA MARACAJÁ
14h às17h - OFICINA DE LITERATURA E NOVOS SUPORTES: TRAÇOS DE ESTILO – LOURIVAL HOLANDA
15h às 17h - PARADA PARA LEITURA – LUZILÁ GONÇALVES

Local: PRAÇA DA ROSA

17h - POLO MARGINAL, OPERETA DE RUA - GRUPO DE TEATRO DE RUA LOUCOS E OPRIMIDOS DA MACIEL | RECIFE/PE

Local: PRAÇA DE EVENTOS – MUSICAL E CULTURAL | SHOPPING ROSA

20h - GRUPO VOZES FEMININAS – CIDA PEDROSA, MARIANE BIGIO, SILVANA MENEZES, SUZANA MORAES E RITA MARIZE
Local: CINE-TEATRO | SHOPPING ROSA
21h - VIDEOINSTALAÇÃO | “OLHARES SOBRE LILITH”, IDEALIZADORAS E CURADORAS – TUCA SIQUEIRA E ALICE GOUVEIA

21/09 – QUARTA
Local: PROGRAPE, Rua Cardeal Arcoverde

9h às 12h - OFICINA A ESCRITA EM SI PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JONNY MARTINS
14h às 17h - OFICINA DE ILUSTRAÇÃO PARA CRIANÇAS - MYRNA MARACAJÁ
Local: PRAÇA DA ROSA
17h - CARROÇA DO ENCANTADO – INTERVENÇÃO DE RUA, GRUPO DE TEATRO DA GENTE, COM A OBRA DA ESCRITORA ROSINHA CAMPOS

Local: ACADEMIA PESQUEIRENSE DE LETRAS E ARTES

15h às 17h - CONEXÃO PESQUEIRA – SERIA ELA A ATENAS DO SERTÃO?

PARTICIPAÇÃO - LEONIDES CARACIOLO, SEBASTIÃO GOMES FERNANDES, ZULEIDE SIQUEIRA, ODETE ANDRADA E FRANCISCO NEVES | MEMBROS DA ACADEMIA PESQUEIRENSE DE LETRAS E ARTES

Local: ESPAÇO ZIRIGUIDUM

19h - PARA EROS E THANATOS – POEMAS DE AMOR E MORTE – INTÉRPRETE, ROMUALDO FREITAS

Local: CINE-TEATRO | SHOPPING ROSA

20h - ENCERRAMENTO - DIÁLOGO ENTRE LINGUAGENS - CONEXÃO LITERATURA | LUÍS REIS, ALEXANDRE FURTADO E PAULO DINIZ (SHOW) 


DISTRITO DE MIMOSO

19/09 – SEGUNDA
Local: CENTRO SOCIAL E CULTURAL MARCELINO DE CARVALHO FREITAS

9h às 12h - OFICINA DE ILUSTRAÇÃO PARA CRIANÇAS - MYRNA MARACAJÁ
14h às 17h - OFICINA DE CRIAÇÃO LITERÁRIA PARA ADULTOS: A INFÂNCIA E A POESIA – LUCIANO PONTES

Local: PÁTIO DA IGREJA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

17h - CARROÇA DO ENCANTADO – INTERVENÇÃO DE RUA, GRUPO DE TEATRO DA GENTE, COM A OBRA DA ESCRITORA ROSINHA CAMPOS

20/09 – TERÇA
Local: CENTRO SOCIAL E CULTURAL MARCELINO DE CARVALHO FREITAS

14h às 17h - OFICINA DE CRIAÇÃO LITERÁRIA PARA ADULTOS: A INFÂNCIA E A POESIA – LUCIANO PONTES

Local: ESCOLA LUIZ TENÓRIO DE ALBUQUERQUE

16h - REVOLTA NO PAÍS DOS RETALHOS – GRUPO TEATRO DE RETALHOS DO SESC ARCOVERDE

Local: PÁTIO DA IGREJA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
19h - CINE MIMOSO: TAPETE VERMELHO | DIREÇÃO: LUIS ALBERTO PEREIRA


21/09 - QUARTA
Local: CENTRO SOCIAL E CULTURAL MARCELINO DE CARVALHO FREITAS

9h às 12h - OFICINA DE ILUSTRAÇÃO PARA CRIANÇAS - MYRNA MARACAJÁ

Local: PÁTIO DA ANTIGA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
16h - RECITA MIMOSO – GEORGE SILVA, NARUNA, EDILSA, ICARO HOLANDA


BUÍQUE - SEDE

22/09 – QUINTA
Local: IGREJA BATISTA

9h - ESPETÁCULO TEATRAL “DECRIPOLOU TOTEPOU”, DIREÇÃO E INTERPETRAÇÃO | PARA OS ALUNOS DO SESC LER BUÍQUE| ODÍLIA NUNES

Local: SALÃO PAROQUIAL

9h às 12h - OFICINA PEQUENOS CONTOS PARA PEQUENOS ESCRITORES - RICARDO MELO

Local: ARENA DAS LETRAS | PRAÇA VIGÁRIO JOÃO

10h - ABERTURA – ARENA DAS LETRAS
“CONVERSANDO SOBRE LITERATURA E BRINCANDO DE LER MEU LIVRO” – LENICE GOMES, ROSINHA CAMPOS E IZABELA DOMINGUES

Local: SALÃO PAROQUIAL

14h às 17h - OFICINA INVENTANDO POEMAS PARA CRIANÇAS – LENICE GOMES
14h às 17h - OFICINA A ESCRITA DE SI PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JONNY MARTINS
14h às 17h - OFICINA DE LEITURA DE TEXTOS VERBAIS E NÃO VERBAIS PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JACINTO SANTOS

Local:IGREJA BATISTA

15h e 19h30 - ESPETÁCULO TEATRAL “DECRIPOLOU TOTEPOU”, DIREÇÃO E INTERPETRAÇÃO | PARA OS ALUNOS DO SESC LER BUÍQUE: ODÍLIA NUNES

Local: ARENA DAS LETRAS | PRAÇA VIGÁRIO JOÃO INÁCIO

20h - RAPAZES DI-VERSOS - JACIEL SILVA, JOSÉ DENILSON, ICARO. GEORGE SILVA E GRUPO ENCANTO E POESIA

23/09 – SEXTA
Local: ARENA DAS LETRAS | PRAÇA VIGÁRIO JOÃO INÁCIO

9h às 11h - PARADA PARA LEITURA – ROSINHA CAMPOS
Local: SALÃO PAROQUIAL
9h às 12h - OFICINA PEQUENOS CONTOS PARA PEQUENOS ESCRITORES (07 a 10 anos) - RICARDO MELO
14h às 17h - OFICINA INVENTANDO POEMAS PARA CRIANÇAS – LENICE GOMES
14h às 17h - OFICINA A ESCRITA DE SI PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JONNY MARTINS
14h às 17h - OFICINA DE LEITURA DE TEXTOS VERBAIS E NÃO VERBAIS PARA EDUCADORES E ESTUDANTES – JACINTO SANTOS
19h - PARA EROS E THANATOS – POEMAS DE AMOR E MORTE – INTÉRPRETE, ROMUALDO FREITAS
20h - CONVERSA DE ESCRITOR – MARCELINO FREIRE, PEDRO AMÉRICO DE FARIAS E MAURO ALENCAR


24/09 – SÁBADO
Local: Feira Livre
9h - POESIA NA FEIRA – EMBOLADORES, DECLAMADORES E VIOLEIROS
Local: ARENA DAS LETRAS | PRAÇA VIGÁRIO JOÃO INÁCIO
10h - CARROÇA DO ENCANTADO – INTERVENÇÃO DE RUA, GRUPO DE TEATRO DA GENTE, COM A OBRA DA ESCRITORA ROSINHA CAMPOS
15h às 17h - PARADA PARA LEITURA – LENICE GOMES
17h - TARDE DE AUTÓGRAFOS | RICARDO MELO E MARIA EMÍLIA - “IMENSO MUNDO MIÚDO” E O CD DO MEU CANTO MUNDO
20h - GRUPO VOZES FEMININAS – CIDA PEDROSA, MARIANE BIGIO, SILVANA MENEZES E SUZANA MORAES
Local: SALÃO PAROQUIAL

21h - VIDEOINSTALAÇÃO | “OLHARES SOBRE LILITH”, IDEALIZADORAS E CURADORAS – TUCA SIQUEIRA E ALICE GOUVEIA

25/09 - DOMINGO
ENCERRAMENTO | CONVERSA AFIADA
Local: FAZENDA PINTADINHO | SÃO DOMINGOS, A PARTIR das 10h
- SILVÉRIO PESSOA
- TONINO ARCOVERDE


CARNEIRO


22/09 – QUINTA
Local: ESCOLA MANOEL BENÍCIO DE SIQUEIRA

9h às 12h - OFICINA NO REINO DA PALAVRA ENCANTADA TUDO É IMAGEM: A TRADUÇÃO POÉTICA PARA JOVENS E ADULTOS – JACINTO SANTOS

8h às 12h E 13h às 17h - EXPOSIÇÃO CEM ROSAS PARA GUIMARÃES
ESQUETE TEATRAL – “CORPO FECHADO”, A PARTIR DA OBRA DE GRACILIANO RAMOS COM O GRUPO MANDALÁ DE TEATRO


15h às 17h - PARADA PARA A LEITURA – PEDRO AMÉRICO DE FARIAS

14h às 17h - OFICINA CABEÇA DE VENTO, VIVÊNCIAS LITERÁRIAS PARA CRIANÇAS – RAPHAELLA ARAÚJO E ALEXANDRE MONTEIRO

Local: PRAÇA DO TAMBOR

19h - REVOLTA NO PAÍS DOS RETALHOS – GRUPO TEATRO DE RETALHOS DO SESC ARCOVERDE


23/09 – SEXTA
Local: ESCOLA MANOEL BENÍCIO DE SIQUEIRA

9h às 12h - OFICINA NO REINO DA PALAVRA ENCANTADA TUDO É IMAGEM: A TRADUÇÃO POÉTICA PARA JOVENS E ADULTOS – JACINTO SANTOS
14h às 17h - OFICINA CABEÇA DE VENTO, VIVÊNCIAS LITERÁRIAS PARA CRIANÇAS – RAPHAELLA ARAÚJO E ALEXANDRE MONTEIRO

Local: PRAÇA DO TAMBOR

16h30 - ESPETÁCULO TEATRAL “DECRIPOLOU TOTEPOU”, DIREÇÃO E INTERPETRAÇÃO | PARA OS ALUNOS DO SESC LER BUÍQUE: ODÍLIA NUNES

19h - CINEMA NO TAMBOR


VILA DO CATIMBAU

12 A 23/09
Local: ESCOLA ANTÔNIO DE BARROS SAMPAIO

8h às 12h, 13h às 17h e 19h às 2114h - EXPOSIÇÃO CEM ROSAS PARA GUIMARÃES

ESQUETE TEATRAL – “CORPO FECHADO”, A PARTIR DA OBRA DE GRACILIANO RAMOS COM O GRUPO MANDALÁ DE TEATRO

22/09 – QUINTA
Local: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA

14h às 17h - OFICINA UM OLHAR SOBRE O QUINTAL PARA CRIANÇAS, COM CHARLON CABRAL, DO GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO

Local: ESCOLA ANTÔNIO DE BARROS SAMPAIO

14h às 17h - OFICINA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS PARA ADULTOS – MARÚCIA COELHO

Local: PRAÇA DA VILA

19h - CINEMA NA VILA: TAPETE VERMELHO | DIREÇÃO: LUIS ALBERTO PEREIRA

23/09 – SEXTA
Local: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA

14h às 17h - OFICINA UM OLHAR SOBRE O QUINTAL PARA CRIANÇAS, COM CHARLON CABRAL, DO GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO

Local: ESCOLA ANTÔNIO DE BARROS SAMPAIO

14h às 17h - OFICINA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS PARA ADULTOS – MARÚCIA COELHO

Local: PRAÇA DA VILA

17h - ESPETÁCULO “MANÉ GOSTOSO“, GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO

24/09 – SÁBADO
Local: PRAÇA DA VILA

19h - REVOLTA NO PAÍS DOS RETALHOS – GRUPO TEATRO DE RETALHOS DO SESC ARCOVERDE


DISTRITO DE SÃO DOMINGOS

13 a 23/09
Local: CLUBE SOCIAL DE SÃO DOMINGOS

8h às 12h, 13h às 17h e 19h às 21h - EXPOSIÇÃO MACHADO O HOMEM DAS LETRAS, COM INTERVENÇÃO TEATRAL, COM O TEATRO EXPERIMENTAL DA CENA - TEC

23/09 – SEXTA
Local: CLUBE SOCIAL DE SÃO DOMINGOS

9h às 12h - OFICINA UM OLHAR SOBRE O QUINTAL PARA CRIANÇAS, COM CHARLON CABRAL, DO GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO
9h às 12h - OFICINA UM OLHAR SOBRE O QUINTAL PARA CRIANÇAS, COM CHARLON CABRAL, DO GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO
Local: PRAÇA DA VILA DE SÃO DOMINGOS
16h - CARROÇA DO ENCANTADO – INTERVENÇÃO DE RUA, GRUPO DE TEATRO DA GENTE, COM A OBRA DA ESCRITORA ROSINHA CAMPOS

24/09 – SÁBADO
Local: PRAÇA DA VILA DE SÃO DOMINGOS

11h30 - ESPETÁCULO “MANÉ GOSTOSO“, GALPÃO DAS ARTES DE LIMOEIRO
19h - CINE SÃO DOMINGOS | O ENFERMEIRO | DIREÇÃO: MAURO FARIAS

Realização: Sesc Pernambuco

Numéro de Visitas

Seguidores

TEMPO

GArganTA MAGAlhães | Template by - Abdul Munir - 2008 - layout4all